Menu

Blog

06 de Maio de 2015

Lui Iarocheski ganha destaque internacional


Lui Iarocheski, recém-formado pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), disputou  recentemente o prêmio internacional Ringstrassen-Galerien Designer Award, em Viena. Todos os nove finalistas do concurso ganharam uma viagem à Áustria e um desfile, realizado em meados de abril. Lui foi selecionado pela coleção Makumba, inspirada na transgressora obra Parangolés, do artista Hélio Oiticica. Praticamente todas as peças criadas pelo jovem foram confeccionadas com tecidos da RenauxView. Agora, Lui planeja os próximos passos de sua carreira e conta, com exclusividade para o blog RV, sobre essa experiência transformadora. Confira a entrevista.  



RV: Como é o seu processo criativo e onde costuma buscar inspirações?



Lui: Meu processo criativo é muito experimental e a história que crio sempre parte da manipulação direta do material, tanto através da desconstrução quanto da manipulação direta sobre o corpo. Já sou bombardeado constantemente com as informações disponíveis na internet, por isso sinto a necessidade de desenvolver meus próprios experimentos e registrá-los de alguma forma (geralmente por foto), nem que não faça uso deles momentaneamente. A partir dessa análise, das cores e das formas vou direcionando para a construção de uma história mais poética. Já me disseram algumas vezes que, talvez de forma espontânea, quase sempre crio uma expressão visual final que navega pelo japonismo e pelo masculino.



RV: Para você, qual a importância dos tecidos na hora de criar peças de roupa?



Lui: Como é o material o meu ponto de partida, direi que os tecidos são a peça chave na hora de criar peças de roupa - antes mesmo que a própria costura ou modelagem complexa. Já fiz experimentos sem costura alguma e usando só um retângulo de tecido, onde o material fez toda a diferença na expressão final. Tenho fascínio por explorar os materiais e trabalhar eles da forma menos ortodoxa possível.



RV: De onde surgiu a ideia de se inscrever no prêmio internacional Ringstrassen-Galerien Designer Award?



Lui: Foi através o famoso Not Jus a Label. Este ano o RG Designer Award fez uma parceria com esse site, que é referência da curadoria de design de moda inovador, e com isso conseguiram centenas de inscritos de todos os continentes. Sem muita confiança, inscrevi meu projeto de formatura e, para minha surpresa, estava entre os finalistas.



RV: Qual foi a sensação de estar entre um grupo seleto de oito pessoas, formadas nas melhores escolas de moda do mundo?



Lui: Foi uma mistura de alegria que não cabia em mim com o peso de representar todo o continente americano entre criativos formados nas mais renomadas escolas europeias. Em menos de um mês precisei complementar minha coleção e fiz isso com muita insegurança. No final, me convenci de que precisava levar algo expressivo, que me colocasse fora da estética comum, e creio que foi isso que garantiu o prêmio do voto popular para mim.



RV: Como foi a sua experiência em Viena?



Lui: Surreal e também um grande aprendizado. Apesar de ser uma competição, o contato com os demais finalistas foi muito enriquecedor. As coleções eram completamente diferentes umas das outras, portanto o clima durante os dias do evento foi muito mais de ajuda, feedback e troca de experiência do que de competição. Além disso, tive uma experiência bem prática, tanto na produção do desfile em si, quanto na construção de imagem de marca perante imprensa e clientes. Outra experiência inesquecível foi receber o feedback positivo e motivador de grandes nomes da moda - como diretores de revistas, estilistas, artistas, empresários e até mesmo celebridades - apontando as pinceladas ousadas e inesperadas de "brasilidade" que eu trouxe para a coleção. Até hoje ainda colho frutos desses contatos que fiz por lá.



RV: Quais os seus planos daqui para frente?



Lui: Já estou desenvolvendo uma segunda coleção, agora com minha marca própria, chamada IAROCHESKI. Procurarei manter o foco da marca na experimentação com a moda masculina de vanguarda.


Sobre o autor

Renauxview

Comentários

Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades da Renauxview

Fique tranquilo nós também odiamos spam ;)